“FERNANDO” de Igor Angelkorte, Julia Ariani e Paula Vilela

 

» ATENÇÃO: Esta sessão se dará excepcionalmente no auditório da Biblioteca Central do Campus do Pici – UFC.

O Cine Refluxus apresenta:

▬ SESSÃO LONGA LIVRE 2018 – 23/agosto • 14h00 • 71 min

A Mostra do Filme Livre é um grande painel de filmes que experimentam caminhos e atalhos na atual linguagem audiovisual, preferencialmente (não exclusivamente) filmes feitos sem apoio estatal direto. Além de exibir, debater e premiar os filmes livres que mais se destacaram na opinião da curadoria e do júri, a MFL publica textos sobre os filmes indicados aos prêmios e promove uma série de atividades paralelas, como oficinas e debates. Graças ao programa Cineclubes Livres, o Cine Refluxus conseguiu o direito de exibição de um dos longa-metragens premiados na edição de 2018.

• “FERNANDO” de Igor Angelkorte, Julia Ariani e Paula Vilela (71min, 2017, RJ)

» SINOPSE: O filme revela a vida de um professor-artista com 74 anos no Brasil hoje. Fernando é provocado a interpretar a própria vida, mesclando realidade e ficção. Diante de um grave problema de saúde, ele segue uma rotina preenchida de projetos e desejos na arte.

» CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA:
Livre para todos os públicos.

» Para os participantes que puderem permanecer apenas para a SESSÃO, a comissão do Cine Refluxus entregará via e-mail um certificado de 02 (duas) horas de atividades complementares.

» Para os participantes que puderem permanecer para a SESSÃO + DEBATE, entregaremos via e-mail um certificado de 04 (quatro) horas de atividades complementares; após o fim do debate, esses participantes deverão confirmar a presença novamente na lista.
————————

▬ Curta a nossa fanpage!
http://www.facebook.com/cinecluberefluxus

Leia Mais

Sessão Curtas Livres – MFL 2018

 

» ATENÇÃO: Esta sessão se dará excepcionalmente no auditório da Biblioteca Central do Campus do Pici – UFC.

O Cine Refluxus apresenta:

▬ A PRIMEIRA SESSÃO DO SEMESTRE!

A Mostra do Filme Livre é um grande painel de filmes que experimentam caminhos e atalhos na atual linguagem audiovisual, preferencialmente (não exclusivamente) filmes feitos sem apoio estatal direto. Além de exibir, debater e premiar os filmes livres que mais se destacaram na opinião da curadoria e do júri, a MFL publica textos sobre os filmes indicados aos prêmios e promove uma série de atividades paralelas, como oficinas e debates. Graças ao programa Cineclubes Livres, o Cine Refluxus conseguiu o direito de exibição dos curtas-metragens premiados na edição de 2018.

» SESSÃO CURTAS LIVRES 2018 – 16/agosto • 14h00 • 57 min

• “HISTORIOGRAFIA”, de Amanda Pó (4 min, 2017, SP).
» SINOPSE: Por quem foi escrita a História?

• “TRAVESSIA”, de Safira Moreira (5 min, 2017, RJ).
» SINOPSE: Utilizando uma linguagem poética, Travessia parte da busca pela memória fotográfica das famílias negras e assume uma postura crítica e afirmativa diante da quase ausência e da estigmatização da representação do negro.

• “CORPOSTYLEDANCEMACHINE”, de Ulisses Arthur (7 min, 2017, BA).
» SINOPSE: “Ando por mistério, vivo por mistério […] Nosso corpo é uma máquina, ou cuida ou sabe como é né?” Entre memórias da boate e relatos de resistências cotidianas; Tikal, importante personalidade do Recôncavo da Bahia, dança e afronta as normas.

• “A PAZ AINDA VIRÁ NESTA VIDA”, de Isabella Geoffroy e Nícolas Bezerra (6 min, 2017, RJ).
» SINOPSE: Dois amigos, e a necessidade de fazer um filme sobre o cotidiano violento da favela aonde vivem.

• “A RETIRADA PARA UM CORAÇÃO BRUTO”, de Marco Antônio Pereira (15 min, 2017, MG).
» SINOPSE: Ozório é um senhor que vive sozinho onde o Judas perdeu as botas, na zona rural de Cordisburgo-MG. Passa seus dias ouvindo rock no rádio, enquanto vive o luto da sua companheira. Até que um movimento no céu quebra sua solidão.

• “TALAATAY NDER”, de Chantal Durpoix (20 min, 2016, BA).
» SINOPSE: “Talaatay Nder”, significa em língua Wolof “Terça feira de Nder”, é uma homenagem poética para as mulheres de Nder, na região do Walo, Saint-Louis, Senegal. Em 1820, as Rainhas de Nder, lutaram e escolheram o suicídio coletivo para escapar à escravidão e preservar a sua liberdade e dignidade. A história de Nder continua viva e atualiza-se na modernidade.

» CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: Não recomendado para menores de 14 anos.

» Para os participantes que puderem permanecer apenas para a SESSÃO, a comissão do Cine Refluxus entregará via e-mail um certificado de 02 (duas) horas de atividades complementares.

» Para os participantes que puderem permanecer para a SESSÃO + DEBATE, entregaremos via e-mail um certificado de 04 (quatro) horas de atividades complementares; após o fim do debate, esses participantes deverão confirmar a presença novamente na lista.
————————

▬ Curta a nossa fanpage!
http://www.facebook.com/cinecluberefluxus

Leia Mais